ALdI –  Capítulo 29 – A família do Kishito (2)


Uma mesa estava arrumada com vários tipos de comidas em cima dela. Em volta da mesa estavam oito pessoas sentadas, esses eram o grupo da Xia e a família do Kishito.

Eles estavam jantando em um clima alegre enquanto histórias eram contadas até mesmo Donavan estava conversando. Durante o jantar, Xia ficou sabendo de várias pequenos coisas sobre eles.

Apesar de uma parte dessas histórias ela já conhecer vindo de um relatório sobre a vida do Kishito que ela leu. Quando ela começou a desconfiar sobre ele e o Sr. Hayama não deu muita importância, Alicia a ajudou e pesquisou sobre o passado dele.

Então ela sabia sobre ele e um pouco sobre a Yukiko e o Ryouji. Ela sabia sobre o trabalho deles, onde ela é uma psicóloga e ele um projetista. No relatório tinha informações sobre eles desde que pegaram a guarda dos dois irmãos, Kishito e Rika.

No entanto, sempre há informações que são negligenciadas por esses relatórios e essas pequenas informações nunca aparecem em relatórios. Uma coisa que ela não sabia era sobre a amizade da Yukiko, da Ueno e da Ami, a mãe do Kishito. Elas estudaram juntas no colegial e lá se formou uma amizade que dura até hoje e foi por causa dessa amizade que depois da morte da Ami ela decidiu cuidar do Kishito e Rika.

Xia se lembrou que Alicia tinha lhe dito que ela não conseguiu muita informação sobre a Ami. As informações sobre ela eram muito poucas, ela parecia uma nômade e mudava muito o lugar onde morava só se firmando num local depois do casamento com o pai do Kishito. Agora ela soube um pouco sobre ela e junto com algumas histórias engraçadas.

Depois de uma conversa comum durante o jantar, Yukiko se levantou chamando a atenção de todos que silenciaram para ouvir.

—Estou feliz em ter vocês hoje nesse jantar e foi bastante agradável conhecer os amigos do Kishito. Eu acho que falo por toda a família quando digo que estou ansiosa para ver vocês tocarem.

Yukiko olhos para Xia e os outros enquanto falou sorrindo. Xia, Alicia e Kishito deram um sorriso falso pensando em como eles iriam fazer depois com essa história que Donavan contou. Já Donavan que tinha contado essa história estava bastante tranquilo. Por isso Yukiko continuou.

— Mas esse jantar foi feito para contar uma novidade. — Yukiko deu uma pausa e muito contente continuou. — Quando eu fui para Paris com o Ryouji não foi apenas para acompanhá-lo, eu fui para fazer um tratamento que para nossa felicidade deu certo. Eu estou grávida.

Essa notícia pegou Kishito e a Ueno-sensei de surpresa, eles sabiam que Yukiko e Ryoji estavam tentando ter um filho a algum tempo. Os dois terem ido para Paris para fazerem um tratamento para terem um filho, mesmo que eles não tivessem contado, tanto Kishito quanto Ueno-sensei sabiam pela Rika sobre isso. Mesmo assim Rika não tinha contado sobre o tratamento ter dado certo.

Já Xia e seu grupo não conhecia sobre o problema da Yukiko em engravidar então eles só receberam essa continua como uma boa notícia mas não tinha nenhum significado a mais. Alicia ficou feliz pela gravidez dela e pegou a mão dela.

— Meus parabéns Yukiko-san!

Alicia foi a primeira a parabenizar a Yukiko, depois quando os outros se recuperaram da surpresa eles a parabenizaram. A alegria estava muito aparente quando a Yukiko recebia os parabéns.

O tempo passou e envolto a alegria o jantar continuou. Como estava ficando muito tarde, assim que o jantar terminou Yukiko chamou um táxi para levar Xia e os outros em casa.

Com a saída dos convidados a casa voltou a ter apenas Kishito e sua família. Juntos eles começaram a arrumar a mesa e a cozinha, algo que era bastante comentado era Ryouji tentando saber o que havia entre Kishito e Xia. No entanto, apesar das tentativas dele Kishito dizia que eles apenas se tornaram amigos.

Ao mesmo tempo Ryouji estava sempre implicando com a Rika sobre ela perder o irmão dela para Xia. Rika já não estava tão preocupada com o que Ryoji falava.

Esse era o principal passatempo do Ryoji, ele gostava de implicar com eles sobre o quão próximos eles eram. Olhando ele falando parecia que era apenas implicância mas o que ele estava fazendo era tentando diminuir a dependência que um tinha pelo outro.

Durante muito tempo a vida do Kishito se estagnou por ele está sempre do lado da Rika e ele não vivia bem ficando alheio a tudo que não tinha a ver com ela. Ele estava se isolando e vendo que agora ele tinha finalmente feito amigos, Ryoji viu a oportunidade dele largar um pouco a irmã ter uma vida própria.

Já para Rika também era uma oportunidade dela aprender a não depender tanto dele. Quando Ryoji olhou para a Yukiko, ela o olhou e deu um sorriso. Com esse simples olhar ela lhe dizia que ela sabia o que ele estava pensando e seu sorriso dizia que ela estava concordando com ele.

“Mesmo que tenha começado com essa mentira eu espero que essa amizade seja verdadeira.” Ryoji pensou quando se lembrou sobre a história que Donavan contou.

*****

— Ei Donavan que história é essa de fazer uma banda?

Xia, Alicia e Donavan estavam no táxi sendo levados para casa, eles tinham acabado de deixar a Ueno-sensei em casa. Agora só estava os três no táxi e Xia foi a primeira a questionar Donavan sobre a história que ele contou.

— Como assim que sou eu que sou a quem não sabe tocar? — Alicia também questionou Donavan mas por algo diferente.

— Alicia isso não é importante.

— Como não? Fez parecer que eu sou a inútil.

— O que importa isso? Nós não iremos fazer uma banda então depois como vamos explicar que essa banda não existe?

— Explicar? Por que deveríamos explicar? Eles sabem que é uma mentira.

— O que?

Xia foi surpreendida com o que Alicia disse, ela olhou para Donavan querendo uma explicação dele.

— Ela está certa. — Donavan confirmou olhando para Xia. — Eles sabem que foi uma mentira.

A confirmação do Donavan deixou Xia paralisada. Ela não imaginou que eles sabiam que isso era mentira, mesmo que ela achou estranho quando eles acreditaram nessa história.

— E-então por que eles não disseram nada se sabiam que estávamos mentindo.

— Eles não estavam mais tão interessados no que ele estava fazendo e sim com quem ele estava no momento. Todo o tempo durante a conversa deles eles estavam nos testando porque se achassem que éramos pessoas ruins eles iriam tentar algo para nos separar. O trabalho deles parece estar no sangue deles.

Donavan deu leve sorriso quando pensou em como o casal guiava a conversa para tentar fazer eles falarem enquanto usavam suas próprias histórias como isca. Yukiko era psicóloga e Donavan já esperava que ela seria habilidosa com as palavras mas quem o surpreendeu foi Ryoji, ele não esperava que um homem que trabalhava criando projetos teria esse tipo de habilidade.

Parece que Ryoji tinha sido influenciado pela convivência com a Yukiko, isso também explicaria sobre Rika apesar de não ser tão habilidosa ela já tinha uma boa capacidade com as palavras e esquemas.

“Será que Kishito também tem essa habilidade e nós estamos sendo enganados por ele?” esse pensamento passou pela cabeça do Donavan depois de interagir com essa família.

— E-eu não percebi nada disso. — Xia deu um sorriso auto depreciativo.

— Suas habilidades em interações sociais sempre foram ruins então não foi nenhuma novidade. — Donavan falou sem reserva. — As informações que você deu não eram importantes por isso está tudo bem.

Xia ficou quieta e encostou no banco do táxi. Ela percebeu que enquanto ela estava apenas conversando durante o jantar, estava acontecendo uma guerra de palavras e esquemas para conseguir informações.

— E eu feliz por saber um pouco do passado deles. — Xia murmurou.

— Não se sinta assim, você nunca foi boa nisso. Continue nos liderando e deixe essa parte para eu e a Alicia.

Quando Xia ouviu essas palavras ela se sentiu melhor, ela sabia que não poderia ser como eles no uso das palavras e eles sempre disseram a ela que eles eram um grupo. Cada um teria suas próprias habilidades e o que ela como líder deveria saber é como usar cada uma das habilidades deles, se ela não é boa com palavras e esquemas então ela deve usar eles para superar isso.

— Sim, eu conto com vocês. — Xia deu um sorriso.

— Isso é bom e tudo mais mas eu tenho que dizer que não esperava ouvir você falando tanto quanto hoje. — Depois da Xia se sentir melhor Alicia fez um comentário.

— Isso foi necessário. — Um leve rubor apareceu no rosto do Donavan quando ele olhou pela janela.

Xia e Alicia começaram a rir quando viram Donavan se virar. Ele sempre foi um pessoa quieta mas era alguém bastante confiável e tomava para si responsabilidades quando é necessário. E hoje foi um dia que ele mostrou seu modo de agir.

Eles estavam indo de táxi para casa e por isso conversavam tranquilamente. O que eles não sabiam é que apesar do motorista parecer indiferente a conversa deles na verdade ele estava prestando atenção a cada palavra que eles diziam.


Autor: Kanino   |   Revisor: Zezin   



Fontes
Cores